Quatro pontos essenciais para abrir uma empresa!

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Tirar uma ideia do papel e transformá-la em um negócio pode ser um pouco complicado. O empreendedor precisa realizar uma série de estudos mercadológicos e atender a algumas obrigações tributárias e contábeis.

Caso ele se esqueça de algo, o seu empreendimento pode ficar impedido de emitir notas fiscais, ter uma conta empresarial, receber pagamentos por cartão de crédito etc. No pior dos casos, o negócio fica impedido de atender ao público.

Para ajudá-lo a entender o que deve ser realizado, preparamos este artigo. Então, leia com atenção para não se esquecer de nada, ok?

1. Elabore o contrato social

O contrato social estabelece os direitos, deveres e o papel de cada sócio no desenrolar das atividades da empresa. Esse documento ainda explica quais atividades a empresa desempenhará.

Por isso, o empresário não deve redigi-lo sem a orientação de um profissional contábil. Erros no contrato social podem trazer desentendimentos entre os sócios ou prejudicar a atuação da empresa em mercados específicos.

2. Providencie os registros

Registrar algo é torná-lo oficial aos olhos de uma autoridade. Por isso é que as pessoas registram assinaturas, documentos e certidões em cartório. Para que a sua empresa atue de forma legalizada, ela deverá estar registrada em diversos setores, entre eles: a Junta Comercial do seu estado, a Prefeitura e na Receita Federal.

Nesse caso, também é recomendado terceirizar essas tarefas para os escritórios de contabilidade. Assim, o empreendedor poupa o seu tempo e tem a garantia de que tudo será feito corretamente.

3. Obtenha o alvará de funcionamento

Documento indispensável para que o negócio exerça suas atividades. Atuar sem alvará gera grandes problemas à imagem da empresa — além de multas e possíveis processos jurídicos.

O alvará de funcionamento é emitido pela prefeitura da sua cidade. Então, se você ainda não sabe quanto tempo esse processo durará, visite o site da secretaria da Fazenda ou vá à prefeitura para entender mais sobre o tema. Em algumas cidades, todas essas etapas podem ser feitas pela internet, mas isso depende da estrutura do município.

Além desse alvará, dependendo da atividade da empresa, você precisará providenciar alvarás ambientais e do Corpo de Bombeiros. Em alguns casos, existe a cobrança de taxas.

4. Crie uma conta bancária PJ

Misturar os seus rendimentos pessoais com os da empresa é uma péssima ideia. Além de dificultar a declaração do Imposto de Renda (PJ e PF), essa ação ainda poderá gerar um descontrole financeiro no empreendimento.

Então, mesmo que o seu negócio ainda não tenha realizado nenhuma venda, é importante que ele tenha uma conta bancária específica para ele.

Viu só? Existem detalhes que você não pode se esquecer se quiser criar uma empresa de sucesso. Então, se organize e procure um escritório de contabilidade para ajudá-lo.

Gostou deste artigo? Então, curta nossa página no Facebook! Lá você terá mais dicas sobre empreendedorismo e contabilidade.

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Veja também

Posts Relacionados

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
Muitas pessoas acham que para empreender basta uma boa ideia…
Cresta Posts Box by CP
Open chat